Os extintores são equipamentos de presença obrigatória nos projetos contra incêndio e pânico. sua distribuição deve atender a uma estratégia eficaz de distanciamento e altura. Além disso, é importante conhecer os tipos de extintores de incêndio.

Os tipos de extintores são tecnicamente chamados de classes de extintores. Cada um desses equipamentos são destinados a depender de onde está o principio do fogo.

Conhecer onde cada extintor deve ser aplicado é de suma importância para evitar a propagação do fogo e evitar outros incidentes que podem causar riscos à vidas.

Por isso, além detalhar os tipos de extintores de incêndio, é essencial destacar como devem ser distribuídos no imóvel, a instalação correta e o manuseio.

Tipos de extintores de incêndio

Os incêndios são classificados por classes, considerando os tipos de materiais inflamáveis no local.

Classe A – Aparas de papel e madeira

Tipos de extintores: classe A

Este extintor é indicado para princípios de incêndios em materiais sólidos, como madeira, papel e borracha e plástico.

 

Classe B – Líquidos inflamáveis

Tipos de Extintores de Incêndio: quais são e suas aplicações

Como o próprio nome sugere, esse tipo de extintor deve ser usado em princípios de incêndios que envolve líquidos inflamáveis.

 

Classe C – Equipamentos elétricos

Classe C - Extingue Incêndio |

Problemas que envolvem equipamentos de eletricidade são os principais causadores de incêndio. Portanto, saiba bem que o extintor tipo C é voltado para o combate a princípios de incêndio em equipamento elétricos.

 

Classe D – equipamentos combustíveis

Nossos produtos

Os extintores de incêndio para metais combustíveis estão classificados na classe D. A indicação é para princípios de incêndios em metais chamados pirofóricos. Esses materiais têm tendência de entrar em combustão. Exemplos: Pó de zinco, sódio, magnésio, alumínio e antimônio.

 

Classe K – Óleos e gorduras

O extintor do tipo K, utilizado para o combate de princípio de incêndio que envolve óleos e gorduras geralmente são utilizados em cozinhas industriais, onde também é importante a presença da Central de Gás para evitar acidentes com fogo.

Como instalar extintores de incêndio no meu imóvel?

Agora que você já sabe sobre as classes dos extintores de incêndio, é importante também como esses equipamentos devem ser instalados.

Os extintores podem ser instalados na parede, em nichos ou em colunas. O fato é que devem ser totalmente visíveis e sinalizados.

Para a distância entre um e outro equipamento, a obrigação é que seja no máximo a cinco metros da porta de entrada ou da escada. E a altura de no máximo a 1, 60m do piso já acabado.

Essas regras são exigências do Corpo de Bombeiros Militar para a emissão do Atestado de Regularidade do imóvel. Saiba mais clicando aqui.

O manuseio de um extintor de incêndio

Saber a destinação de cada tipo de extintor no combate ao princípio de incêndio já é algo determinante para salvar vidas e evitar agravos.

No entanto, além do manuseio básico, é importante que funcionários das edificações sejam treinados para outras ações de combate a focos de incêndio.

Esse treinamento é chamado de formação Brigada de Incêndio. Confira no vídeo abaixo a importância desse treinamento.

https://www.youtube.com/watch?v=07cHfWv3RC0

Como elaborar projetos de incêndio e formar Brigadas

A GT Fire é uma empresa especializada na elaboração de projetos contra incêndio e pânico, no treinamento de brigadistas e outras consultorias de segurança.

Clique aqui e fale diretamente com a gente.